quarta-feira, 26 de novembro de 2008

Dicas de decoração para sala

Decoração de Salas e livings

Quando o assunto é design de interiores, a sala de estar ou o living compõem o ambiente que oferece mais possibilidades de projetos e criatividade. Como é o local de recepção da casa, deixa claro às visitas quais são os gostos, preferências e hábitos dos moradores.

Segundo a arquiteta Stela Maris Gervasio, um projeto interessante sempre é aquele que privilegia o usuário em todos os sentidos. "O living tem que ser agradável e acolhedor ao mesmo tempo, já numa sala de TV, o mais importante é o conforto". Antes da estética e do estilo, vem a funcionalidade. "O estofado tem que ser adequado e proporcional ao ambiente em que ele vai estar. Muitas vezes é preciso abrir mão das medidas e deve-se optar por uma peça mais enxuta, mas que vai compor com o espaço. Por outro lado, livings grandes pedem peças robustas e encorpadas, senão correm o risco de parecerem ‘miniaturas’", acrescenta Stela.

Peças certas

Mesas de centro e laterais são um capítulo à parte. Para as de centro, obrigatoriamente tem que existir espaço senão corre-se o risco de ficar batendo a perna. Interessante também é utilizar mesas que tenham múltiplas funções, por exemplo, com bandejas acopladas, ou pufes que servem de bancos, ou ainda com prateleiras inferiores que atuam como porta-objetos e porta-revistas. Além de super prático, é um recurso a mais para se expor objetos interessantes e dar um toque na decoração. As mesas laterais não precisam combinar com as de centro, absolutamente, porém, de alguma forma as peças tem que compor um espaço agradável, seja pela tonalidade da madeira, pela forma, pelos materiais ou pelo estilo", ensina a arquiteta.

Poltronas devem ser aconchegantes e as cadeiras compõem super bem em ambientes menores. As chaise-longs, muitas vezes, funcionam como coringas: dividem ambientes grandes sem criar uma barreira, servem para usos diferentes - sentar ou deitar para leitura, além do que muitas peças contam com "designs" maravilhosos que finalizam a decoração.

Plantas, flores e adornos

Para áreas não iluminadas, as opções de plantas são poucas, já que são organismos vivos. A "raphis" é muito bonita e agüenta bem, embora um pouco de sol de vez em quando seja interessante. Outra opção são arranjos de flores naturais que duram cerca de quinze dias, como orquídeas, estrelizia, hortênsias, etc. Quanto aos objetos e aos adornos, segundo Stela, vale tudo, desde que tenha um sentido dentro do contexto: livros, coleções, porta retratos, objetos de viagem, sempre colocados com equilíbrio e bom gosto dão a personalidade ao ambiente.

Tendências para o Living

"Nos últimos anos verificamos uma forte tendência, e conseqüentemente uma mudança no uso do espaço, de se trazer a TV para a sala de estar. Isto tem ocorrido por diversos motivos: as TVs são cada vez melhores e mais lindas, as pessoas têm o desejo de realmente usufruirem os espaços e não ficarem enclausuradas em um pequeno quarto transformado em sala de TV", fala Stela.

A iluminação é cada vez mais "inteligente", com maior desempenho e menos consumo de energia. Tons e cores sóbrias se destacam e trazem requinte e harmonia aos ambientes, muito embora cores cítricas e quentes também sejam utilizadas. "As madeiras empregadas são as de tom castanho ou bem escuras e cada vez mais com uma preocupação ecológica quanto ao tipo e a procedência do material. Enfim, para nós, profissionais desta área, é importantíssimo estarmos "antenados" as tendências para que possamos propor trabalhos de qualidade e afinados ao nosso tempo", conclui.

Para poder criar à vontade, é necessário pensar em alguns detalhes fundamentais, que não poderão ficar de fora do layout:
  • o sofá de três ou mais lugares, com ou sem chaise-longue fixa, deve ser posicionado na parede principal da sala, de onde se tem a melhor vista de todo o espaço;
  • acima desse sofá, pode-se colocar um quadro (no mínimo 30 cm acima em relação ao encosto do sofá) ou uma composição com quadros menores ou gravuras;
  • na janela, opte por uma cortina leve e simples que seja presa por alças do próprio tecido, para serem transpaçadas em um varão, que pode ser de aço escovado. Tecidos como organdi, voal e chiffon são transparentes e proporcionam mais luminosidade. Se o objetivo é ausência de luz, linho puro, black-out, brim e lona são os mais recomendados. Mas se o visual da decoração for clean, as persianas são uma excelente opção.
  • as mesas laterais mais altas entre os sofás, colocadas no lado oposto à porta de entrada. E a mesa de centro mais baixa, que pode ser de vime, rattan, madeira, resina de poliéster, laca, com tampo de vidro (12 mm) etc.
  • cadeiras e poltronas na sala de estar, devem ser de preferência estofadas nos assentos e encostos para proporcionar mais conforto.
Fonte: Clube da Calcinha(muito bacana, um blog, que fala tudo o que mulher gosta, moda decoração, tudo, adorei!)

5 comentários:

Sonhos de Crochê disse...

Olá Gí
Saudades!!!
depois que perdi meus favoritos não conseguia entrar no seu blog.Ontem falando com Elizabete ela me perguntou de vc.Pois sugeri a ela abrir um blog para falar com vocês.
Voltei a mexer no blog e consegui me conectar a vc.
Sei que tens andado muito ocupada.
Um bom final de semana.
Bjs na família
Mary Nilva

Matando Saudades e Fazendo Croche disse...

Olá amiga, vim fazer uma visitinha, adori tudo, beijos.Ivone

anaeartes disse...

oi Gi, td na benção minha irmã???estou com saudades de ti, estive meio atribulada ultimamente, mas não me esqueço de vc!Vc é muito especial para mim!!!Tenho uma nova pra te contar: vou ter outro herdeiro...estou muito felizzz!!!!Um bjão
ana

Ruth Piancó disse...

Olá Giselle, adorei a postagem.
Gi, não sei o que esta acontecendo mas não consigo acessar seu blog pelo meu link, eu acesso o da Salomé e pelo dela chego até o seu.
O que será??
Já copiei seu endereço, colei no meu link, mas nem assim.
FELIZ DOMINGO.
Beijinhos

NOISA disse...

Oi,Gi,ainda não te conheço mais achei interessante sua página e gostaria de visitar mais vezes.Obrigada,Fique com Deus.